Segurança no Trânsito – Maio Amarelo

Assim como aconteceu com Pedro, outras 500.100 pessoas foram indenizadas por invalidez permanente somente no ano de 2015 e, pela gravidade do acidente, podemos afirmar que por pouco ele não se junta aos 40.000 óbitos decorridos de acidentes de trânsito no mesmo ano.

Seguindo os procedimentos necessários, caso ocorra um acidente de trânsito, a polícia (190, militar, ou 191, rodoviária federal, nesse caso) e um serviço de assistência médica devem ser acionados, podendo esse último ser o SAMU (192) ou os bombeiros (193). Caso haja feridos na situação, os carros não devem ser removidos do local para que a perícia realizasse os testes necessários, além disso, os condutores devem preencher um B.O., juntamente com algumas testemunhas, para que se tenha provas.

No caso de Pedro, todos os procedimentos foram seguidos e, após a situação acalmar no local do acidente, o condutor infrator admitiu que no momento da batida ele estava mandando uma mensagem em seu celular e por isso não percebeu que o sinal havia fechado. Esse fato pode parecer simples e irrelevante, entretanto é mais grave do que parece, se passarmos a velocidade de 40 Km/h, que é uma das mais lentas que possuímos em cidades, principalmente Brasília, para metros por segundo, temos aproximadamente 11 metros por segundo, tendo em vista que uma olhada rápida no celular demora por volta de 4 segundos – lembrando que os passos são: pegar o celular, desbloquear, abrir o aplicativo, ler o que tiver que ler e possivelmente responder – você terá percorrido mais de 40 metros, quase o comprimento de uma piscina olímpica de 50 metros, sem nem mesmo olhar para a pista. A incidência nesse tipo de acidente se dá pela negligência dos motoristas ao imaginar que são capazes de dirigir e prestar atenção ao celular ao mesmo tempo, e por acreditarem que não irá acontecer com eles.

A falta de dados exatos em âmbito nacional dificulta a conscientização desse problema, que vem crescendo com a evolução que os aparelhos têm tido, entretanto, alguns estados estão contabilizando não só os acidentes, mas também as multas por ser pego dirigindo usando o celular – tanto mandando mensagem, quanto fazendo uma ligação – dois desses estados são: São Paulo, que passou de 80.182 casos em 2010 para 114.894 em 2014, apresentando um aumento de 43%, e o estado do Paraná que registrou em média 110 mil multas por ano.

 

Bibliografia:

http://www.detran.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=1980

http://agenciabrasil.ebc.com.br/rio-2016/noticia/2016-10/multas-por-uso-de-celular-ao-volante-crescem-43-em-sp

http://www.vias-seguras.com/os_acidentes/estatisticas/estatisticas_nacionais

http://www.detran.df.gov.br/images/SAT-Sistema_Informacoes_Acidente.pdf

http://www.detran.df.gov.br/images/Conceitos%20e%20Defini%C3%A7%C3%B5es%20B%C3%A1sicas.pdf

http://ultimosegundo.ig.com.br/igvigilante/transito/2016-10-11/acidente-de-transito.html

http://jidiario.blogspot.com.br/2009/05/policia-190-191-192-19-conheca-os.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: